Abrace esta causa, torne-se Sócio, participe!

Geral

  • 20
      01/1973

    20/01/1973 - Movimentos de Libertação

    O líder do PAIGC, Amílcar Cabral, é assassinado em Conackry, num atentado levado a cabo por guineenses dissidentes do PAIGC. O governo português atribuiu a responsabilidade desta acção ao Presidente da Guiné-Conackry, Sekou Touré, enquanto que para o PAIGC se tratou de uma acção concebida pela PIDE/DGS ou pelo governador da Guiné, António de Spínola.

  • 25
      02/1973

    25/02/1973 - Guerra Colonial – Guiné

    Primeira utilização de mísseis terra-ar “Strella” pelo PAIGC na Guiné, responsável pela queda de um avião Fiat G91.

  • 06
      03/1973

    06/03/1973 - Guerra Colonial – Guiné

    Carta de António de Spínola a Marcelo Caetano sobre a evolução da situação na Guiné e a necessidade de medidas de natureza política.

  • 01
      05/1973

    01/05/1973 - Guerra Colonial – Guiné

    Em Maio de 1973 o PAIGC lança uma vasta operação em tenaz – Operação Amílcar Cabral – incidindo a Norte sobre Guidage e a Sul sobre Guileje e Gadamael.

  • 10
      07/1973

    10/07/1973 - Guerra Colonial – Massacre de Wiriyamu

    Denúncia do massacre de Wiriyamu feita pelo padre inglês Adrian Hastings no jornal Times de Londres.

  • 24
      09/1973

    24/09/1973 - Independência da Guiné-Bissau

    Proclamação unilateral da independência da Guiné-Bissau feita pelo PAIGC, em Madina do Boé, no interior do território. Num curto curto prazo de tempo, 86 países, mais do que aqueles com quem Portugal mantinha, na época, relações diplomáticas, reconhecem o novo Estado.

  • 14
      01/1974

    14/01/1974 - Graves acontecimentos em Moçambique

    Assalto a uma fazenda de brancos e forte reacção dos fazendeiros e agricultores de Vila Pery. As manifestações da população prolongam-se por vários dias, atingindo a sua maior gravidade na noite de 17 para 18 de Janeiro, com insultos às Forças Armadas perante a passividade das forças policiais e a inoperância das autoridades civis e militares. Nestes acontecimentos verifica-se a implicação directa de Jorge Jardim, apoiado por elementos da PIDE/DGS.

  • 16
      01/1974

    16/01/1974 - Graves acontecimentos em Moçambique

    O funeral das vítimas dos ataques realizou-se em Manica congregando milhares de colonos, que se manifestaram junto do encarregado do Governo.

  • 17
      01/1974

    17/01/1974 - Graves acontecimentos em Moçambique

    Manifestação da população branca da zona centro de Moçambique, em especial na cidade da Beira, contra as Forças Armadas e os militares, com confrontos físicos e alguns feridos.

  • 17
      01/1974

    17/01/1974 - Chefe do Estado Maior General segue para Moçambique

    O General Costa Gomes segue para estudar localmente os acontecimentos em Vila Pery e Beira, o General parte de avião para a Beira, deixando o Estado Maior General entregue ao general António de Spínola.

  • 18
      01/1974

    18/01/1974 - Graves acontecimentos em Moçambique

    Na cidade da Beira, capital do distrito ocorrem graves incidentes, na sequência dos acontecimentos dos dias anteriores. Foi recebida uma carta dos oficiais do Movimento em que no seu ponto 9 se relatam os acontecimentos.

  • 05
      02/1974

    05/02/1974 - Movimentações Colonos Brancos

    Jorge Jardim chega a Lisboa para conversações com o governo (frustradas), sobre uma proposta de resolução do problema de Moçambique, supostamente apoiada pelos dirigentes da alguns países africanos

Arquivos Históricos

Lugares de Abril

Curso História Contemporânea

Roteiro Didático e Pedagógico

Base Dados Históricos

Guerra Colonial

Centro de Documentação

Arquivo RTP

Cadernos 25 Abril

Filmes e Documentários

Arquivos Históricos

© 2018 – Associação 25 de Abril

Close Menu