Abrace esta causa, torne-se Sócio, participe!

Tentativa Golpe Kaúlza

  • 15
      11/1973

    15/11/1973 - Tentativa Golpe Kaulza

    Reunião do Movimento em casa de Salgueiro Maia, em Santarém. Sousa e Castro, Freire Nogueira e Rosado da Luz referem os contactos estabelecidos com o coronel Frade Júnior, amigo do general Kaúlza de Arriaga, em que este último procura obter o apoio do Movimento para o seu projecto de tomada do poder.

  • 29
      11/1973

    29/11/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    Henrique Troni, enviado por Kaúlza, fala com Hugo dos Santos, tentando convencê-lo da necessidade de apoiar o projecto de Kaúlza de Arriaga.

  • 03
      12/1973

    03/12/1973 - Tentativa Golpe Kaulza

    O coronel Frade Júnior, enviado do general Kaúlza de Arriaga, faz entrega aos representantes do Movimento de Capitães ex-cadetes (Sousa e Castro e Tenente Nogueira) de um documento, que estes levam à subcomissão de Estudos de Situação, sobre a actuação deste na Abrilada de 1961, com o objectivo de provar a sua efectiva vontade de derrubar o regime. Em paralelo com esta actuação junto dos ex-cadetes, dois coronéis muito próximos de Kaúlza encontram-se com vários líderes dos milicianos, comprometendo-se a solucionar o seu problema se eles dessem o seu apoio a um golpe militar de direita.

  • 05
      12/1973

    05/12/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    Encontro em Lisboa entre Frade Júnior, Freire Nogueira e Sousa e Castro, em que se discute um documento que especifique os objectivos de um eventual golpe militar dirigido por Kaúlza de Arriaga.

  • 15
      12/1973

    15/12/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    Reunião de oficiais do Movimento dos Capitães em Santarém, em que os pára-quedistas tentam impor a chefia do movimento por Kaúlza de Arriaga

  • 16
      12/1973

    16/12/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    Contacto do Movimento dos Capitães com os generais Costa Gomes e António de Spínola, que são alertados sobre as intenções de Kaúlza de Arriaga.

  • 17
      12/1973

    17/12/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    O major Carlos Fabião, na altura a frequentar um curso para oficiais superiores no Instituto de Altos Estudos Militares, denuncia publicamente um golpe de extrema-direita, preparado por Kaúlza de Arriaga (apoiado ainda por Silvino Silvério Marques, Luz Cunha e Henrique Troni), com a finalidade de «abater» Costa Gomes e António de Spínola. As unidades são alertadas para não tomarem parte em qualquer tentativa de golpe que alegadamente surja como sendo da responsabilidade do Movimento.

  • 17
      12/1973

    17/12/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    Reunião da direcção da Comissão Coordenadora, juntamente com Hugo dos Santos e Pinto Soares, em casa de Vítor Alves. Discute-se a necessidade de esclarecimento do envolvimento dos pára-quedistas na «Kaulzada», bem como a situação emergente da denúncia de Carlos Fabião. Decide-se uma reunião alargada para o dia seguinte.

  • 18
      12/1973

    18/12/1973 - Tentativa Golpe Kaúlza

    Reunião de emergência de parte da C. C. do Movimento em casa de Hugo dos Santos. Está presente Avelar de Sousa, representante dos pára-quedistas, que não consegue esclarecer completamente o grau de envolvimento dos seus camaradas no projectado golpe de estado de Kaúlza de Arriaga.

  • 03
      01/1974

    03/01/1974 - Imprensa Estrangeira

    A BBC dá grande destaque ao «enigma» do golpe de estado que nunca existiu.

  • 06
      01/1974

    06/01/1974 - Comissão Coordenadora

    Reunião de parte da Comissão Coordenadora em casa de Vasco Lourenço. Analisa a situação decorrente da tentativa de golpe de Kaúlza de Arriaga. Sousa e Castro e Bação de Lemos esclarecem as suas ligações com Frade Júnior e a sua intervenção na desmontagem da «Kaulzada».

Arquivos Históricos

Lugares de Abril

Curso História Contemporânea

Roteiro Didático e Pedagógico

Base Dados Históricos

Guerra Colonial

Centro de Documentação

Arquivo RTP

Cadernos 25 Abril

Filmes e Documentários

Arquivos Históricos

© 2018 – Associação 25 de Abril

Close Menu